• Marcello Veríssimo

    O candidato a deputado federal pelo PODEMOS, José Eduardo Stanelis de Aquino, o Coronel Stanelis, 57, quer ser a mudança que o eleitor do Litoral Norte precisa no próximo dia 2 de outubro. Com sua candidatura oficializada na convenção partidária, que foi realizada no dia 20 de julho, em São Paulo, tem nas suas raízes a Segurança Pública como alicerce para uma sociedade mais justa e colaborativa. “Meu pai José Lopes de Aquino nasceu na Ilha Anchieta, em Ubatuba, na época do presídio e se tornou coronel Aquino da Polícia Militar, ele implantou a 1ª Companhia de Polícia no Litoral Norte, em 1974, e montou o 20º Batalhão, que faz o policiamento da região toda em 1980”, relembra Stanelis, que é filho de caiçaras e diz que sua família está no litoral desde os tempos do império. “Meu bisavô era pescador e pescava para suprir o presídio da Ilha Anchieta com peixes, ele era escrivão do presídio, meus tios foram soldados da força pública que tomavam conta do presídio da Ilha Anchieta”.

    Casado, pai de um casal, de 28 e 21 anos, o coronel Stanelis nasceu em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, mas seu espírito sempre foi caiçara. “Na época, meu pai era tenente da PM e foi mandado para Ribeirão Preto, mas praticamente eu só nasci lá, em 1974 eu já estava em Caraguatatuba, onde fui criado minha vida toda”, ele disse.

    Em 2020, o coronel Stanelis diz que foi para a reserva da Polícia Militar para concorrer às eleições municipais, onde conquistou quase 10 mil votos, sendo o terceiro candidato mais bem colocado com 14,65% dos votos válidos, exatos 9.424 votos. “Com a proposta de fazer uma campanha limpa, honesta, a mais limpa e honesta da história do Litoral Norte. Por causa da pandemia, eu não achei justo usar dinheiro público para fazer política quando as pessoas estavam morrendo por falta de remédio, de hospital, de leitos e desempregadas precisando de um auxílio emergencial, eu não achei justo usar esse dinheiro e abrimos mão do fundo partidário”, diz ele, enaltecendo que a honestidade deve ser uma característica essencial para um político. “Também não aceitei doação de empresários que tivessem algum interesse econômico na prefeitura para não ficar amarrado como normalmente vemos. Faço uma política séria, não fazemos falsas promessas, e sim tudo exatamente como manda a lei”.

    Para Stanelis, o cidadão quer mudança e uma de suas principais propostas é lutar pela renovação total do Congresso Nacional. “Trazer pessoas honestas para a política, trabalhar para que o Brasil se torne uma economia de 1º mundo com toda infraestrutura que o país precisa para gerar empregos. E as reformas necessárias: reforma trabalhista, tributária, previdenciária, diminuição da burocracia para que as empresas possam se instalar no país, pois quando a economia cresce os salários e o número de contratações também aumentam”, diz ele, que se define como “patriota até o último fio de cabelo”, em seu perfil no Twitter e posta suas mensagens em vídeos também no Instagram onde acumula quase 2 mil seguidores. “A nossa proposta é de modernização de toda estrutura do país, defesa da família, da cidadania, melhorar a segurança pública com leis que realmente punam os criminosos e desestimulem as práticas delituosas”.

    Na visão de Stanelis, o que vem acontecendo no Brasil nas últimas décadas é justamente o contrário, com leis beneficiando os criminosos.

    “Segundo a teoria econômica do crime, a pessoa pratica o crime se ela tiver vantagens, os riscos forem pequenos e as vantagens forem maiores, o proveito do crime for maior. É por isso que temos que desestimular o crime com leis mais duras, punições mais duras e gerando empregos”.

    Outra bandeira de Stanelis diz respeito às crianças, ele quer tirá-las das ruas.

    “Sou defensor da educação integral, a União deve contribuir com as prefeituras no sentido de fornecer a estrutura e condições financeiras adequadas para que as cidades tenham esse sistema. As crianças quando não estão na escola estão nas ruas, e nas ruas tem pedófilos, traficantes e más influências. Nosso projeto é tirar as crianças das ruas, terem aulas normais, uma alimentação saudável na escola com café da manhã, almoço e jantar, além de investir na qualificação profissional, ensiná-los a empreender, para podermos fazer um Brasil melhor”.

    Apoio

    Stanelis tem o apoio do deputado estadual Paulo Côrrea Júnior (PSD). “Ele tem ajudado muito o nosso Litoral Norte, como na emenda parlamentar da Santa Casa de Ubatuba, mandou R$ 1,7 milhão para a reforma do entreposto de pesca do Camaroeiro, em Caraguá, todos nossos pedidos, ele tem se esforçado muito”, garante José Eduardo Stanelis. “É um deputado que realmente se interessa e faz a diferença pelo nosso Litoral Norte, olha por todos nossos municípios e temos que ter representação por deputados da região tanto federal quanto estadual”.

    Para Stanelis, é preciso, primeiro, desenvolver economicamente o Brasil. “Para que se possa fazer as reformas, gerar os empregos que o país precisa e isso só se faz com o capitalismo que é quem produz o dinheiro, mas não um capitalismo selvagem e irracional que explora as pessoas. Um modelo de capitalismo social, que a renda possa ser gerada com distribuição igualitária a todas as pessoas”.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.