• Marcello Veríssimo

    A Prefeitura de Caraguatatuba informou nesta quinta-feira (14) que monitora a investigação do caso sobre um princípio de incêndio registrado na madrugada de sábado para domingo (10), em um Ecoponto do bairro Massaguaçu. A suspeita é que o incêndio tenha sido criminoso, por vandalismo.

    Por volta da 0h, o Corpo de Bombeiros foi acionado e esteve no local, mas o foi já tinha sido controlado pelos próprios moradores da região, que impediram que o incêndio se alastrasse.

    De acordo com a prefeitura, o caso está sob investigação da polícia. A secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca acompanha a investigação. “O funcionamento do Ecoponto não foi comprometido graças à agilidade dos moradores na contenção do incêndio e acionar as autoridades. O episódio ocasionou somente danos materiais”, informou a Prefeitura de Caraguatatuba.

    A prefeitura lembra da importância em denunciar crimes contra o patrimônio público à Polícia Militar por meio do 190. Em casos de risco de incêndio o Corpo de Bombeiros deve ser acionado pelo 193.

    Em caso de condenação por dano simples, a pena pode variar de um a seis meses de dentemção, ou multa correspondente até seis salários mínimos de R $1.212 a R $7.272. Em caso de dano qualificado a pena pode chegar a três anos de prisão, além da multa de até seis salários mínimos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.