• Marcello Veríssimo

    O Instituto Argonauta informou na tarde desta sexta-feira (8) que reinseriu mais um animal marinho de volta à natureza. Desta vez, trata-se de uma tartaruga-verde que ficou mais de um ano em reabilitação na Fundação do Projeto Tamar. A soltura do animal aconteceu na manhã de ontem (7) e foi acompanhada em clima de festa por alguns moradores, pelas equipes do Instituto Argonauta e do Projeto Tamar, além do mergulhador que ajudou a salvar a tartaruga e do prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci.

    De acordo com a assessoria de imprensa do Instituto Argonauta, a tartaruga foi encontrada por um mergulhador na Praia do Sérgio, no dia 15 de fevereiro do ano passado, bastante debilitada e com marcas de ferimentos causadas por hélices de barco em sua carapaça. “A tartaruga-verde foi resgatada pela equipe de campo do Instituto Argonauta e foi encaminhada para reabilitação na Fundação do Projeto Tamar em Ubatuba. As instituições executam o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS)”, disse a assessoria de imprensa.

    Além das fraturas na carapaça, que demandam cuidados para controlar a dor e as infecções sistêmicas, segundo os especialistas, a tartaruga também possuía tumores distribuídos por todo o corpo, inclusive nos olhos. Foi submetida a diversos procedimentos, incluindo cirurgias para a retirada dos tumores. De acordo com o Argonauta, a tartaruga respondeu bem aos tratamentos até receber alta para poder retornar ao seu habitat, completamente recuperada e saudável.

    A tartaruga-verde da espécie Chelonia mudas, por muitos anos, esteve na lista de animais ameaçados de extinção. Graças a projetos quando e visam a proteção e conservação da biodiversidade agora é considerada uma espécie com baixo risco de sumir dos mares. Mas, ainda segundo os especialistas, depende de ações de conscientização da população para continuar viva.
    Entre seus principais predadores, a pesca irregular, ameaças de captura e a poluição marinha.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.