• A Vila Turística Comunitária dos Pescadores e Maricultores da Praia da Cocanha, em Caraguatatuba, será uma das duas representantes do Brasil no concurso global liderado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) que vai eleger as “Melhores Vilas Turísticas” do mundo. A escolha foi feita pelo Ministério do Turismo (MTur) e anunciada na última sexta-feira (24).

    #PraCegoVer: Pessoas em barcos acompanhando a retirada de mariscos produzidos na Fazenda Marinha de Mexilhões na Praia da Cocanha (Foto: Cláudio Gomes/PMC)

    Inscrita na etapa nacional pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur), a Vila da Cocanha ainda mantém as características de uma comunidade caiçara, onde os tradicionais pescadores colocam seus barcos ao mar e seguem para tratar da sua Fazenda de Mexilhão, a qual se transformou na maior fazenda de marisco do Estado de São Paulo.

    A Vila se destaca pelo modo de vida de seus moradores, principalmente, pelas ações ambientalmente responsáveis, que utilizam os saberes culturais dos caiçaras do litoral brasileiro e a natureza exuberante e suas riquezas para conscientizar sobre a necessidade da preservação ambiental e para a continuidade dos fazeres originários que sustentam a identidade cultural de seu povo, enquanto gera complementação de renda para as famílias.

    O concurso identifica vilas que tenham adotado abordagens inovadoras e transformadoras para o turismo nas áreas rurais e que estejam alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). O país tem ainda como candidata a Vila de Paranapiacaba, distrito do município de Santo André (SP).

    #PraCegoVer: Imagem mostra parte do rancho de pesca da Praia da Cocanha (Foto: Cláudio Gomes/PMC)

    Na próxima etapa, as candidaturas serão avaliadas por um Conselho Consultivo externo independente, composto por especialistas nas diferentes áreas com base nas nove áreas de avaliação que abrangem recursos naturais e culturais, bem como iniciativas nos três pilares da sustentabilidade (econômico, social e ambiental).

    O resultado do concurso será anunciado durante a Assembleia Geral da Organização Mundial do Turismo no final do ano. Por meio de um selo, a OMT identificará as ‘Melhores Vilas Turísticas’, que servirão como exemplo mundial.

    Para o presidente da Associação dos Pescadores e Maricultores da Praia da Cocanha (Amapec), José Luiz Alves, a classificação já representa uma grande conquista. “O fato de sermos uma das duas vilas representantes do país nos deixa orgulhosos e significa a certeza de que estamos no caminho certo. Nós agradecemos a Prefeitura, ao prefeito Aguilar Junior e aos demais parceiros que nos ajudaram até aqui”, afirmou.

    #PraCegoVer: Homem está de pé ao lado de outro enquanto manuseia mariscos em uma mesa (Foto: Cláudio Gomes/PMC)

    Outras informações sobre a Vila Turística dos Pescadores e Maricultores da Praia da Cocanha estão disponíveis no www.caragua.tur.br/atrativos-turisticos/de-base-comunitaria/.

     

    SELEÇÃO

    Para escolher os projetos o MTur levou em consideração três critérios: estar posicionado digitalmente e conseguir divulgar seus produtos turísticos; possuir ações de turismo de base comunitária ou produção associada a cadeias, como a de alimentos e de artesanato; dispor de um evento tradicional com visitação turística no calendário oficial.

    O Brasil teve destaque na primeira edição do concurso, realizado no ano passado, e a Rota do Enxaimel (SC) foi escolhida como uma das melhores vilas turísticas do planeta.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.