• Marcello Veríssimo

    A 49ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela é o grande evento da baixa temporada de inverno no arquipélago. O evento, uma espécie de Fórmula 1 dos mares, reúne os principais nomes do esporte no país divididos em vários barcos de tamanhos e classes diferentes. A maior competição de Vela da América do Sul acontece no Yacht Clube Ilhabela, na Vila, entre os dias 23 e 30 de julho.

    De acordo com a organização, em média mais de 120 veleiros de todos os estados brasileiros e até internacionais devem participar das regatas. As inscrições seguem abertas. A SVI tem a prefeitura do município como parceiro histórico, dizem os organizadores. A Marinha do Brasil também apoia a sua realização.

    A vocação para o turismo de alta qualidade de Ilhabela é inquestionável, seja no inverno ou no verão. A organização da Semana de Vela informou que a realização das regatas tradicionalmente no mês de julho, período das férias de inverno, contribuem positivamente com o turismo no arquipélago, proporcionando alta demanda de visitantes e turistas aos hotéis, pousadas e restaurantes.

    A Semana Internacional de Vela também segue a agenda positiva dos principais campeonatos do esporte ao redor do mundo. Preocupada em reduzir seu impacto ambiental a cada edição, procura promover em seus participantes e público a conscientização ambiental, reduzindo o uso de papel e plástico, também realizar ações pela limpeza e conservação dos oceanos.

    Movimento fora e dentro d’água. Para esta edição, a disputa nas regatas deve acontecer entre veleiros das classes Bico de Proa, C30, Clássicos, Multicasco, HPE25 e a Mini-Transat. “Superadas as travessias conturbadas dos últimos dois anos por conta da pandemia, chegamos vitoriosos com total segurança à 49ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, certos de que realizaremos mais um evento inesquecível para toda comunidade da vela, amantes do mar e de Ilhabela”. “Preparem-se! Teremos muitas novidades, diversão, além das tradicionais canoas de cerveja e Regatas sensacionais no Canal de São Sebastião”, disse Alex Costa Pereira, Comodoro do YCI. “Para esta edição, daremos merecido destaque às mulheres velejadoras, que muito nos inspiram e incentivam ativamente o esporte. Elas são muitas e brilham nos Jogos Olímpicos, realizam travessias oceânicas desafiadoras, contribuem ativamente na preservação dos oceanos, e seguem inspirando pessoas pelo mundo”, disse ele.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.