• Marcello Veríssimo

    O desespero de um pai teria sido a motivação para o incêndio que destruiu parte de uma unidade da igreja evangélica Assembleia de Deus, na manhã desta quarta-feira (1º), em Juquehy, na costa sul de São Sebastião. O fogo destruiu parcialmente o templo religioso, que fica na rua Benedito Lopes de Oliveira, endereço também conhecido entre os moradores da região por Rua da Sabesp. Ninguém se feriu.

    Informações desencontradas durante todo o dia de ontem circularam pela internet dando conta de que o incêndio teria sido criminoso, provocado pelo pai de um dos motociclistas mortos no acidente envolvendo um ônibus da empresa “Sou Sebastião”, no último domingo, dia 29 de maio, em Boracéia, também na costa sul do município.

    O 2º Distrito Policial de Boiçucanga investiga o caso. O fogo começou por volta das 12h, tudo aconteceu muito rápido. A intensidade das labaredas e a força do fogo destruindo chamou atenção dos moradores, que gravaram vídeos e divulgaram por WhatsApp.

    E foram os próprios moradores que conseguiram controlar o fogo, em seguida o imóvel foi isolado pela Defesa Civil. O suposto autor do incêndio, identificado apenas como Robson, teria sido visto por populares quebrando uma das janelas laterais para conseguir entrar na igreja, que no momento do incêndio estava vazia. O fogo queimou paredes do salão principal, moveis e o telhado da igreja.

    Assim que conseguiu atear fogo na igreja, ele fugiu rapidamente e desapareceu. A Policia Civil não confirma essas especulações e segue investigando o caso, além de buscar o paradeiro do suspeito. Até o início da noite, o homem continuava desaparecido.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.