• Balanço divulgado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em Caraguatatuba, mostra que o setor realizou 4.949 atendimentos nos primeiros quatro meses do ano. Pelo balanço, divulgado nesta semana, de janeiro a abril, foram 4. 568 atendimentos realizados pela Unidade de Suporte Básico (USB) e outros 381 executados pela Unidade de Suporte Avançado (USA). Para se ter uma ideia, no mesmo período do ano passado, foram registrados 4.502.

    De acordo com o SAMU, Caraguá conta com quatro ambulâncias de USB, que são responsáveis pelos atendimentos de casos com menor complexidade e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para atender os casos mais complexos. O serviço possui bases nas regiões Norte, Sul e centro do município, além de uma com 65 profissionais, entre médicos, enfermeiros, e condutores socorristas.

    Desde a sexta-feira (27), o SAMU passou a atender em uma nova base na região centro-sul do município, na UBS Golfinhos.

    Especificidades – As principais ocorrências registradas no primeiro quadrimestre de 2022 envolvem especificidades clínicas, como mal súbito que teve a maior incidência de casos, foram 1.987. O mal súbito é um sintoma que pode estar relacionado a diferentes fatores, que podem envolver desde um quadro de desidratação até episódios mais graves como AVC (Acidente Vascular Cerebral), aneurismas, infartos e arritmias cardíacas.

    De acordo com o balanço do SAMU, ainda foram realizados 221 atendimentos de convulsão, 134 emergências com gestantes e outros 66 atendimentos relacionados com hipertensão.
    O trânsito também mobilizou o serviço em Caraguatatuba desde o começo do ano. Os números mostram 107 atendimentos de trânsito envolvendo vítimas, 73 com motos e 47 ocorrências com bicicleta. Além disso, ainda foram registrados 660 acidentes registrados envolvendo quedas e traumas.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.