• Marcello Veríssimo

    Dois motociclistas morreram na madrugada desta segunda-feira (30) na rodovia Rio Santos (SP-55), no bairro Juréia, costa sul de São Sebastião, após uma colisão com um ônibus da empresa “Sou São Sebastião”, a concessionária responsável pelo transporte coletivo no município.

    Os jovens tinham entre 23 e 25 anos. De acordo com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a dupla morreu no local. O ônibus estaria vazio e depois da colisão saiu da pista e caiu em um barranco.

    Logo após o acidente, durante boa parte do dia desta segunda-feira, um vídeo que circulou em aplicativos de mensagens mostrou um ônibus da empresa invadindo a faixa contrária da pista.

    Especulações davam conta de que o veículo seria o mesmo envolvido no acidente. O ônibus foi retirado do barranco na rodovia, no meio da tarde desta segunda-feira. Além disso, o motorista estaria alcoolizado e se recusou a fazer o teste do bafômetro. A polícia vai investigar o caso.

    Ainda ontem, logo após a repercussão do acidente, o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, falou sobre o acidente em sua página oficial do Facebook. “Tivemos um acidente nesta madrugada envolvendo um ônibus de linha e dois motociclistas, entre os kms 188 e 186, na altura do bairro da Jureia. Infelizmente, os dois motociclistas foram a óbito. O motorista do ônibus também está internado. Nós, da Prefeitura de São Prefeitura de São Sebastião, já notificamos a empresa solicitando informações sobre o ocorrido e aguardamos também a liberação do Boletim de Ocorrência, pois também queremos respostas”, disse o prefeito.

    A empresa Sou São Sebastião também emitiu nota oficial. “Vamos fornecer total cooperação com as autoridades policiais para auxiliar na investigação, bem como também abriremos procedimento interno para apuração do ocorrido. O ônibus estava em situação regular, tendo passado por todas as revisões necessárias e eventual responsabilidade de nosso colaborador será apurada, sendo que tomaremos as medidas disciplinares pertinentes, caso seja constatado culpa do motorista no acidente. Estamos consternados e tomaremos todas as medidas para dirimir o ocorrido”.

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.