• A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) divulgou o balanço da criminalidade no estado durante o mês de abril. Pelo mapa da criminalidade dos dados estatísticos, o Litoral Norte Paulista contabilizou 17 estupros, 33 roubos, 379 furtos, além de 1 latrocínio (roubo seguido de morte), 5 roubos de veículo e 7 homicídios.

    Dos sete assassinatos registrados pela região, quatro ocorreram em Ubatuba. O balanço da SSP mostra ainda que, em abril, Caraguatatuba registrou seu primeiro caso de latrocínio em 2022.
    Já Ilhabela, em abril, segundo a SSP, registrou seu primeiro homicídio este ano. Mas o arquipélago ainda continua sendo a cidade mais segura da região, em abril foi o único município do litoral que não registrou nenhum caso de roubo e roubo de veículo.

    Geral – Nos primeiro quatro meses de 2022, de janeiro a abril, o balanço da criminalidade ainda destaca que o litoral registrou 26 homicídios, 1 latrocínio, 49 estupros, 23 roubos de veículos, 287 roubos e outros 1.962 casos de furto.

    Caraguatatuba segue entre as cidades mais perigosas da região, entre janeiro e abril, registrou 12 homicídios, um latrocínio, 23 estupros, 151 roubos, nove roubos de veículos e 603 furtos. Já em Ubatuba, neste período, foram 10 homicídios, doze estupros, 81 roubos, um roubo de veículo e 846 furtos.

    São Sebastião, entre janeiro e abril, registrou três casos de homicídios, dez estupros, 49 roubos, seis roubos de veículos e 364 furtos. Ilhabela registrou apenas um homicídio nos primeiros quatro meses de 2022, quatro estupros, seis roubos, sete roubos de veículos e 149 furtos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.