• A Prefeitura, por meio do Departamento de Fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), continua atendendo denúncias sobre ocupações irregulares. Só este mês, respondendo à denúncia de construção irregular em Área de Preservação Permanente (APP), em Maresias, a Fiscalização Ambiental, com o apoio de Policiais Militares da Atividade Delegada, vistoriaram o local; estiveram, ainda, em Tropicanga e Cascalho, ambos em Boiçucanga, em áreas congeladas por ação civil pública (ACP) do Ministério Público, para regularização fundiária.

    Em Maresias, foi encontrada construção irregular e elaborado Auto de Demolição. Já em Tropicanga não foram localizadas novas construções irregulares, mas muitos troncos de árvores podadas, o que gerou Autos de Multa por cortes de árvores e supressão de vegetação. No Cascalho, três barracos irregulares precisaram ser demolidos, sendo elaborado Auto de Apreensão, uma vez que os responsáveis não foram localizados.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.