• Marcello Veríssimo
    Três casos de incêndio foram registrados pelo Corpo de Bombeiros nos últimos dias pelo Litoral Norte. Em São Sebastião, mesmo sem grandes proporções, dois deles impressionam por possuir características semelhantes.

    O primeiro caso registrado aconteceu em Juquehy, bairro da costa sul de São Sebastião, na madrugada gelada desta quinta-feira (19), quando uma casa abandonada, que ficava ao lado de uma farmácia do bairro, pegou fogo na Rua José Ferro. As causas do incêndio não foram divulgadas.

    Passava das 4h da madrugada quando os bombeiros foram chamados para controlar o fogo, que segundo testemunhas se alastrou rapidamente pela estrutura do imóvel. O Corpo de Bombeiros informou que, apesar do susto, ao chegar no local da ocorrência o fogo já havia sido controlado pelos moradores da região. Ninguém se feriu.

    Os oficiais realizaram uma vistoria no que sobrou da estrutura do imóvel para avaliar se ainda existia risco que pudesse comprometer os imóveis vizinhos.

    Ainda em São Sebastião, também na tarde desta quinta-feira (19), por volta das 15h um automóvel Volkswagen Fusca pegou fogo, em frente a rodoviária, na região central do município. De acordo com a ocorrência, o dono do automóvel voltava para sua casa quando começou a sair uma fumaça densa debaixo do banco do carona. “O motorista guardava uma bateria auxiliar, instalada para alimentar o som do automóvel”, informou o Corpo de Bombeiros.

    Ao perceber o inicio do incêndio, o dono do fusquinha pegou o extintor para tentar apagar o fogo, mas não conseguiu. O Corpo de Bombeiros conseguiu apagar rapidamente o incêndio. Não houve vítimas.

    Caraguatatuba – A Polícia Militar Ambiental foi acionada na última quarta-feira (18) para atender uma denuncia de fogo na mata, em um terreno de propriedade particular, no Jardim Terralão, em Caraguatatuba. O fogo foi contido pelo Corpo de Bombeiros.

    A Polícia Ambiental informou que o fogo teria começado no quintal da residência, que fica próximo de um morro atingido pelas chamas. O dono da casa negou que tenha começado o incêndio. Ele recebeu Auto de Infração Ambiental por supressão de vegetação e foi multado em R$ 2.228,00.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.