• Marcello Veríssimo

    A Polícia Militar prendeu, nesta terça-feira (17), um homem acusado de porte de arma restrito e corrupção ativa, no bairro Massaguaçu, em Caraguatatuba. A PM informou que por volta das 23h, uma equipe de policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar do Interior, em patrulhamento desconfiou de um veículo que trafegava em alta velocidade pela região.

    Ao ser abordado, a revista no automóvel revelou que o criminoso tentou esconder uma pistola 9mm com numeração suprimida. Quando foi questionado a respeito da arma o criminoso M.M.A, tentou subornar os policiais oferecendo R$ 39mil para não ser preso.

    Corrupção ativa é oferecer vantagem indevida a um funcionário público, em troca de algum tipo de favor ou benefício. O crime de corrupção ativa é cometido por quem não é funcionário público. Quando o caso é contrário, ou seja, a vantagem é exigida por um funcionário público a outros, trata-se de outro tipo de crime, a concussão.
    M.M.A foi preso e levado à cadeia pública. O crime de corrupção ativa está previsto no artigo 333 do código penal e a pena pode chegar até 12 anos de reclusão.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.