• Marcello Veríssimo

    Um crime recorrente na era pós advento da internet gerou repercussão nas redes sociais e na imprensa do Litoral Norte no começo desta semana.

    A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em Caraguatatuba, prendeu um homem acusado de cometer um crime cibernético conhecido como “Pornografia de Vingança”. Geralmente é resultado de relacionamentos conflituosos ou abusivos quando uma das partes não suporta o término do relacionamento e expõe a outra, frequentemente o homem. E foi o que aconteceu em Caraguatatuba.

    O acusado divulgou imagens de sua ex-companheira na internet, que também pode fazer com que ele responde judicialmente por difamação. De acordo com a polícia, essas imagens tiradas de contexto são divulgadas de forma criminosa por meio de perfis fakes, em sites de prostituição. A pena pode chegar a 5 anos de cadeia.

    Em Caraguatatuba existe uma rede de apoio formada por mulheres para auxiliar quem for vítima deste tipo de crime, cometido em sua maioria por maridos, namorados ou companheiros das vítimas.

    O telefone da DDM em Caraguatatuba é o (12) 3882-3242.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.