• O Fundo Social de Caraguatatuba deu início ao curso de Panificação Básica, promovido com aulas sobre introdução à história, princípios, ingredientes e técnicas de panificação. O curso será realizado em quatro aulas, com 16 horas de duração. #PraCegoVer: Professor auxilia aluno e mexer massa em batedeira (Foto: Cláudio Gomes/PMC) Durante a segunda aula, na última sexta-feira (25), os alunos produziram massas doces e variáveis, sonho, pâtisserie, cinamonn roll e patê choux. Nos próximos encontros aprenderão como fazer pão carteira, pão de joelho, pão de batata, pão de cebola, entre outros. Anteriormente, já haviam aprendido sobre pão de hambúrguer, pão de hot dog e pão de forma. #PraCegoVer: Professor ensina três alunas a cortar massa de sonho e como pesá-la (Foto: Cláudio Gomes/PMC) O aluno Bruno de Freitas de Paulo conta que no momento atua como ajudante de padeiro e está fazendo o curso porque tem objetivo de realizar um sonho. “Meu sonho é ser um padeiro profissional e ter um espaço só meu”, destaca. O curso está sendo realizado no Instituto Gourmet e teve suas inscrições abertas no início de março. Até o final do semestre serão ofertadas ainda qualificações nas áreas de Home Baby (babá), Comida de Boteco e Finger Food (comer com as mãos). É importante que a população acompanhe os canais oficiais da Prefeitura para ficar por dentro da divulgação das próximas inscrições dos cursos. O Fundo Social fica na Rua José Damazo dos Santos, 39, no Centro (próximo ao banco Santander), telefone (12) 3897-5656.

    mar 29, 2022

    A chuva causou estragos e provocou alagamentos em Caraguatatuba nesta segunda-feira (28). No bairro Getuba, na Costa Norte, a água invadiu um trecho da rodovia Rio-Santos e alagou as pistas. Na manhã desta terça (29), poucos veículos conseguiam atravessar o trecho e o trânsito era lento no local.

    De acordo com a Defesa Civil, os pluviômetros superaram 100 milímetros em alguns bairros e duas famílias tiveram que deixar suas casas.

    A chuva se estende desde o fim de semana e a Defesa Civil do Estado já havia alertado para o volume de chuva, que poderia causar enchentes e deslizamentos. No fim da tarde de segunda, o temporal persistiu e causou estragos na cidade.

    A Rio-Santos teve de ser interditada durante a noite por causa do volume de água na pista no km 97, no bairro Getuba. No início da manhã desta terça, ainda havia água na pista e alguns veículos se arriscavam a atravessar o trecho.

    Entre as regiões mais atingidas são a central e norte. O pluviômetro do bairro Jardim Casa Branca 2 indica que em seis horas choveu 98 milímetros e 105 milímetros em 48 horas. Índices altos também foram registrados no equipamento da Martim de Sá, 95, e no bairro do Getuba, com 90.

    Duas famílias tiveram que deixar suas casas por causa do alagamento nos bairros Getuba e Capricórnio. As vítimas foram acolhidas em abrigos montados pela prefeitura.

    A equipe da Defesa Civil segue monitorando as áreas de risco da cidade porque há risco de deslizamento, com o volume de chuva que encharcou o solo.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.