• Com o solo encharcado pelas chuvas dos últimos dias, Caraguatatuba tem riscos de deslizamentos de terra. O alerta é da Defesa Civil do Estado. As equipes da Prefeitura estão de prontidão para a eventualidade necessidade de remoção de moradores. Há uma preocupação com as próximas horas, quando a maré deve subir.

    Equipe da Prefeitura com maquinário e viatura em área do Jetuba (Divulgação/PMC)

    Até o momento, as regiões Central e Norte são as mais afetadas pela chuva que cai desde à tarde. O pluviômetro do Jardim Casa Branca 2 indica que em seis horas choveu 98,14 mm e 105,64 em 48 horas. Índices altos também foram registrados no equipamento da Martim de Sá (95,73 mm) e no do Jetuba (90,17 mm).

    Boletim assinado pelo meteorologista Carlos Medeiros Ineu Junior, aponta risco de movimento de massa alto, ou seja, escorregamento de terra. O alerta foi emitido com base no boletim do Centro Nacional de monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden).

    De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Caraguatatuba, Capitão Campos Junior, todas as equipes da Prefeitura que atuam com base no Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC) já estão de prontidão.

    “Temos equipes da Prefeitura vistoriando as áreas onde o volume de chuva foi maior, além das áreas de riscos já cadastradas e equipes em locais para verificar a necessidade de remoção de moradores”, disse Campos Júnior.

    O município tem registrado 19 áreas de riscos em 53 setores. Em caso de emergência acione a Defesa Civil pelo 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.