• Dois dos gêneros mais aclamados da música popular brasileira foram os protagonistas do Festival Ilhabela Bossa & Choro 2022, realizado no último final de semana (25 a 27 de março), no Centro Cultural da Vila – centro histórico da cidade.

    O evento, com apresentações gratuitas, reuniu mais de 3 mil pessoas durante os três dias de shows, que reuniu grandes nomes da música brasileira, como Simoninha, Luciana Mello, João Bôscoli, João Sabiá e artistas locais.

    “Mais um festival em Ilhabela com música de qualidade, renomados artistas e grande público presente, o que é fundamental nesta retomada dos eventos culturais na cidade, o que fomenta toda nossa economia local. Agradeço e parabenizo o empenho e dedicação de todos os envolvidos”, destacou o Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci.

    No primeiro dia de evento (25/3), a artista local Dani Bruder abriu a programação musical, seguido da apresentação do Trio que Chora. Encerrando a noite, o cantor Simoninha apresentou o show “Na onda da Bossa”, onde fez o público reviver as histórias da Bossa Nova com interpretações de clássicos desse período tão marcante da música popular brasileira, além é claro, de relembrar sucessos de Wilson Simonal.

    No sábado (26/3), o músico Felipe Bianchi Trio apresentou seu show, seguido do espetáculo “João canta João”, com João Sabiá que prestou tributo aos ilustres João Gilberto, João Donato, João Bosco e João Nogueira, ícones da música popular brasileira. Fechando a noite, outro tributo que emocionou o público presente: “Elis e Eu”, um encontro especial e emocionante que reviveu a memória da cantora brasileira Elis Regina, conduzido por nada mesmo que o renomado produtor musical e seu filho, João Marcello Bôscoli.

    A cantora Luciana Mello foi o grande destaque da última noite de apresentações (27/3) do Festival Ilhabela Bossa & Choro. Interpretando os principais clássicos daquela época que a influenciaram, Luciana proporcionou ao público presente uma imersão emocionante, sem deixar de lado os grandes sucessos de seus 35 anos de carreira. A cantora local Aline Outa e o grupo “As Choronas”, coroaram o último dia do evento.

    Com o objetivo de manter a música de qualidade e o astral sempre elevado, durante os três dias de evento, durante os intervalos, os artistas locais Marcelo Totó e Erick Lins fizeram suas apresentações, sendo bem aclamados pelo público.

    “Ilhabela respira música de qualidade. Mais um evento realizado pela Secretaria de Cultura, com praticamente metade do valor gasto anteriormente, e que sem dúvidas, marca um momento importante na retomada dos eventos culturais na cidade. Parabéns a todos que se empenharam na realização deste importante festival que já faz parte do calendário anual da cidade”, declarou o secretário de Cultura, Marquinhos Guti.

    Novidade no evento, a banda local “Bella Combo” percorreu as principais da praia durante os dias do evento, para convidar as pessoas a prestigiar as apresentações do festival, o que também caiu nas graças de quem aproveitava o final de semana em Ilhabela.

    Outro destaque do festival foi a pesquisa de satisfação realizada pela Secretaria de Cultura no intuito de saber a opinião e conhecer mais o público presente, além de entender suas principais necessidades. De acordo com os dados coletados, 88,9% afirmaram que o evento estava “ótimo”, seguido de 9,5% de “bom” e 1,6% consideraram “regular”.

    Participaram do evento pessoas das cidades de São Paulo, Jacareí, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Angra dos Reis, Belo Horizonte, Campinas, Paulínia, Borborema, Eldorado, Piracicaba, Sumaré, Sorocaba, Guarujá e Curitiba.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.