• O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, fortaleceu, ainda mais, o poder de atuação da Polícia Municipal, ao entregar, nesta segunda-feira (10), coletes e capas táticas de última geração; um investimento superior a R$ 200 mil. Nesse início de ano, também deverão chegar pistolas e armas longas.

    O equipamento bélico foi entregue, no gabinete do prefeito, na presença do comandante da Polícia Municipal, André Maciel: 70 coletes à prova de bala nível III e 140 capas táticas Sistema Molle. O colete é considerado o de maior em segurança, pois utiliza última tecnologia (Aramida Axial) e resiste aos calibres .357; .40; .90mm e .44. As capas de colete modular também são o que há de melhor no mercado. O investimento foi de R$ 202 mil.

    A expectativa agora é a chegada e entrega de 40 novas pistolas Beretta Apx Full Size 9 mm e armas longas CTT.40. Esses armamentos adquiridos são apontados como modernos e de última geração. O investimento nas pistolas é de R$90 mil e nas armas longas, aproximadamente R$ 96 mil.

    O prefeito tem feito, desde seu primeiro ano à frente da prefeitura, em 2017, grandes investimentos na estruturação e fortalecimento da instituição, que recentemente foi promovida à Polícia Municipal, vinculada à Secretaria de Segurança Urbana (SEGUR).

    Essa promoção é de suma importância para a força de segurança do município, prestigiada com a Lei Complementar nº 269/2021, em que institui o Plano de Cargos, Salários e Carreira, e estrutura a política de remuneração e de evolução funcional, aperfeiçoando a legislação atual e adequando-se à Lei Federal nº 13.022/2014 (Estatuto Geral das Guardas Municipais).

    A lei complementar, aprovada por unanimidade pela Câmara dos Vereadores, partiu de uma indicação do Prefeito Felipe Augusto, em reconhecimento aos esforços e comprometimento dos agentes de segurança.

    “Temos investido muito porque sabemos da importância da Polícia Municipal para a Segurança Pública, junto com as policias Militar e Civil. Por isso, no decorrer dos anos fizemos muitos investimentos, como armamentos, coletes, uniformes e viaturas e estamos ampliando a capacidade técnica com cursos. E os investimentos e novos projetos vão continuar. A força de segurança merece o nosso respeito pelo empenho na proteção da população sebastianense”. Destacou Felipe Augusto.

    Histórico
    Desde 2017, aos dias atuais, a Prefeitura vem realizando uma série de ações e aprimoramentos da corporação que fizeram com que São Sebastião seja considerada a cidade mais segura do litoral paulista e a 5ª mais segura do Brasil entre os municípios com até 100 mil habitantes.

    A força de segurança foi criada em 2007 e iniciou suas atividades em meados de junho de 2008, com 65 agentes que, ainda desarmados, realizavam rondas patrimoniais no município.Em 2011, a corporação passou a trabalhar armada e pôde, assim, auxiliar com mais eficiência as demais instituições policiais, atendendo a diversos tipos de ocorrências.

    Já em 2014, com o Estatuto Geral da Guardas Municipais, as GCMs passam a ter atribuições mais amplas no âmbito da Segurança Pública e combate à Criminalidade.

    A Corporação Sebastianense foi reestruturada, em 2017, recebendo novos coletes, viaturas e armamentos, o que possibilitou um aumento expressivo nos atendimentos a ocorrências criminais e mais efetividade no combate à criminalidade. Desde então, foram cerca de 500 prisões em flagrante até o ano de 2021.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *