• O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, conforme anunciado em redes sociais, publicou o decreto 8436/2022 para conter avanço da Covid-19 e da gripe no município.  Entre as principais medidas, que entraram em vigor à zero hora desta sexta-feira (7) está o atendimento em home office (trabalho realizado em casa) na prefeitura, exceto os serviços essenciais.

    O prefeito e a prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde (SESAU) e do Comitê de Gestão de Crise de Enfrentamento ao Coronavírus, vinham alertando a população em relação ao aumento das testagens positivas de Covid-19 e dos diagnósticos de H1N1 e H3N2 (Influenza) dos últimos dias.

    Em função dessa situação preocupante, a administração municipal publicou o decreto nº 8436/2022, em que estabelece:

    – o modelo de home office, a partir de 07 de janeiro, a todos os funcionários de departamentos municipais, exceto aqueles que prestam serviços essenciais, como os de saúde, segurança, defesa civil, limpeza urbana, transporte público, fiscalização e atividades realizadas no Agiliza São Sebastião;

    – suspensão de férias dos profissionais da saúde, dentro do que é permitido pela legislação, diante da pandemia de Covid-19 e do avanço das síndromes respiratórias.

    Processos administrativos de licitação e processos admissionais prosseguirão de forma regular.

     O decreto, que vigora de 07 a 31 de janeiro, reforça que os funcionários que se mantiverem em trabalho presencial deverão obedecer todas as normas sanitárias e o distanciamento social.

    “A Prefeitura de São Sebastião adotou tais medidas visando a biossegurança de seus funcionários e de sua população, promovendo alternativas viáveis que venham a reduzir as chances de contaminação de influenza e coronavírus”. Destacou a prefeitura em sua rede oficial de divulgação.

     Números

    De acordo com informações da prefeitura, nessa sexta-feira (7), os números dos atendimentos nas unidades hospitalares se mantiveram elevados. Nas últimas 24 horas, foram registrados 481 atendimentos relacionados a sintomas respiratórios, sendo 215 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Centro, e 266 no Hospital de Clínicas de São Sebastião – Costa Sul (HCSS-CS), em Boiçucanga. Há 4 pacientes internados com síndrome respiratória em unidades hospitalares de São Sebastião, sem internação na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Respiratória, com ocupação de 0% dos leitos de UTI; há 4 pacientes internados em unidades hospitalares de outros municípios.

    Na quinta-feira (6), a SESAU confirmou que está com 45 colaboradores com síndrome respiratória e afastados; sendo que haviam 35 afastados das atividades presenciais. O Boletim Epidemiológico da Saúde, da quinta-feira, comprova o crescimento dos casos.  Em 2022, já foram 180 novos casos de Covid-19 confirmados, contra 195 casos registrados durante o mês de dezembro de 2021.

    No dia 02, o município registrou mais dois óbitos por Covid-19, chegando ao total de 173 vítimas. Um funcionário da Saúde foi a primeira morte relacionada à H3N2 (Influenza).

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *